PF prende suspeito de armazenar e compartilhar imagens de abuso sexual infantil em Imperatriz

segunda-feira, 29 de abril de 2024 às 17:36
237 Visualizações
Uma operação realizada pela Polícia Federal (PF) cumpriu mandado judicial de busca e apreensão na residência de um suspeito de armazenar e disponibilizar imagens contendo cenas de abuso e exploração sexual infantil em Imperatriz/MA — Foto: Polícia Federal

Uma operação realizada pela Polícia Federal (PF) cumpriu, na manhã da última sexta-feira (26), um mandado judicial de busca e apreensão na residência de um suspeito de armazenar e disponibilizar imagens contendo cenas de abuso e exploração sexual infantil em Imperatriz, a cerca de 646 km de São Luís.

Durante a Operação Perigo Real, o investigado foi preso após ser flagrado com o material proibido armazenado em seu celular.

Publicidade

Segundo a PF, o crime era cometido a partir da criação de grupos no aplicativo Telegram, destinados à troca de mensagens com as mídias de cunho pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. Os integrantes deste grupo são de várias localidades do país.

Os equipamentos e mídias apreendidas foram encaminhados para a realização dos exames periciais visando à coleta de provas digitais encontradas nos equipamentos eletrônicos.

Se confirmado o crime, o investigado poderá responder, dentre outros, pelos crimes de armazenamento e disponibilização de conteúdo pornográfico infantil. Esses crimes possuem penas máximas que, se somadas, podem chegar a 10 anos de prisão.

Após ser autuado em flagrante, o suspeito foi conduzido até a sede policial para os procedimentos legais. As investigações seguem em andamento.

(G1 MARANHÃO)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook