Dia das Crianças

terça-feira, 12 de outubro de 2021 às 13:00
Danilo Barbosa Santana. Foto: Arquivo pessoal.

*Por Danilo Santana

Em 12 de outubro
Venho com muita alegria
Fazer a minha homenagem
A esse grande dia
A todas as crianças
E seu mundo de fantasia.

Publicidade

Nas mãos de uma criança
Tudo vira brincadeira
Na boca um lindo sorriso
Criatura verdadeira.

São pequenos anjos
Não preservam a maldade
Não cultivam a tristeza
São a luz da felicidade.

De braços sempre abertos
Mostram a sua inocência
À procura de carinho
Quem lhe dê paciência.

Gostam de aprender
Seus ouvidos sempre atentos
No mundo do paraíso
Evoluindo a cada momento.

A beleza da infância
Poesia deliciosa
Cores, bombons sortidos
A fazem mais maravilhosa.

Apetite de um cavalo
Força de um leão
Curiosidade de um gato
Rei da imaginação.

Criança é assim
São pedaços de Deus
A criatura divina
Que o Senhor nos concedeu.

Trilhando o seu caminho
Assemelhando-se a Jesus
Encanta na sua promessa
Segue o seu raio de Luz.

Eu ainda me lembro
Dos meus tempos de criança
Corria por todo lado
Caía sempre na dança.

Curte grandes emoções
Cada dia a sua maneira
Queria tanto ser criança
Pela minha vida inteira.

Devemos amar cada criança
Para que ela possa crescer feliz
Possa contribuir com o seu trabalho
E fazer o futuro do nosso país.

A todas as crianças
Independentemente da idade
Vivam os seus sonhos
E os tornem realidade.

Agora sou adulto
Passei por grandes mudanças
Mas desejo a todos
Um feliz Dia das Crianças.

Danilo Santana é estudante de História. Começou a escrever poemas aos 10 anos e recentemente ingressou no mundo das crônicas sociais. Atualmente desenvolve um trabalho de declamações poéticas em seu canal do YouTube.

-- Publicidade --