Mulheres do Programa de Formação Profissional da Vale iniciam fase prática nas operações

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020 às 15:43
A primeira fase do programa foi concluída com louvor. – Foto: Divulgação

A partir desta semana, cerca de 100 trainees, que concluíram a formação teórica no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), iniciam a fase de formação prática, na operação da maior mina de ferro a céu aberto do mundo, no Complexo Minerador de Carajás, em Parauapebas. O restante do grupo selecionado ano passado, que atuará nas áreas de manutenção, segue no Senai, em formação teórica, até meados de abril.

Para a trainee Manuela Paulino, 27 anos, o período de três meses no Senai foi uma imersão na operação de mina. “Foram três meses de bastante conhecimento, nos proporcionando grande aprendizado, focado em conhecer a área operacional. A gente sabe que as máquinas são enormes para operar e manobrar, que o desafio é muito grande, mas a gente se sente muito capaz”, afirma.

Publicidade

A gerente de Gestão de Talentos Norte da Vale, Carmene Abreu, destaca que primeira fase do programa foi concluída com louvor. “Elas tiveram excelentes avaliações e agora terão a oportunidade de vivenciar o dia a dia de nossas operações. É um momento ímpar para o processo de formação e estamos cuidando para que elas tenha uma excelente experiência nas nossas operações”, conclui Carmene.

O processo seletivo

Em 2019, a Vale promoveu processo seletivo inédito para mulheres e pessoas com deficiência, em Parauapebas, no sudeste do Pará. A seleção foi iniciada em junho, com vagas nas áreas de manutenção e operação de equipamentos. A seleção contou com mais de 15 mil inscritos.

Na ocasião da aula inaugural, realizada em novembro, o diretor do Corredor Norte, Antonio Padovezi, ressaltou que a empresa está implementando uma série de esforços para ampliar a diversidade, principalmente, a presença de mulheres nas operações da Vale.

O Programa de Formação Profissional é um dos programas Porta de Entrada da mineradora e tem como objetivo preparar profissionais para o mercado de trabalho. Por meio dessas ações focadas na qualificação profissional na região, em 2018, mais de 840 jovens ingressaram na empresa. Entre eles: o Programas de Formação, Jovem Aprendiz e Estágio, nas modalidades, regular, técnico e de 40 horas.

(PEBINHA DE AÇÚCAR)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook