Unifesspa oferta 32 vagas em concurso público com salários de até R$ 4 mil

terça-feira, 20 de março de 2018 às 09:55
Divulgação

MARABÁ – A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) lançou edital do concurso público para o preenchimento de 32 vagas para cargos de nível médio e superior para provimento de 20 cargos do quadro permanente da. Os salários variam de R$ 2,446.96 a R$ 4.180,66.

As inscrições podem ser feitas, via internet, até às 17h do dia 27 de março no site do Centro de Processos Seletivos da Universidade Federal do Pará (Ceps/UFPA). A taxa de inscrição varia entre R$ 80 e R$ 90 reais, de acordo com o cargo pretendido e o pagamento deverá ser feito por meio de boleto bancário até o dia 28 de março.

O certame oferece vagas para assistente em administração, técnico de laboratório nas áreas de física, anatomia, análises clínicas, biologia, edificações, saneamento, técnico em tecnologia da informação, além de administrador, sociólogo, pedagogo, técnico em assuntos educacionais, engenharia na área de mecânica e sanitária, médico veterinário, redator, médico e nutricionista.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, salvo os casos específicos previstos em lei. A prova está prevista para ser aplicada no dia 29 de abril, de 8h às 12h para os cargos de nível de classificação D; e de 14h30min às 18h30min, para os cargos de nível de Classificação E.

A prova terá 50 questões, divididas entre conhecimentos gerais, língua portuguesa, legislação e regime jurídico e de conhecimento específico de cada cargo. Haverá prova de redação em língua portuguesa, mediante aplicação de prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para o cargo de Assistente em Administração.

O prazo de validade do concurso será de dois anos e prorrogável por igual período. As vagas serão para os campi de Marabá, Xinguara, São Félix do Xingu, Rondon do Pará e Santana do Araguaia. A previsão para provimento das vagas será a partir de julho de 2018. (Redação Voz do Bico, com informações da Assessoria)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook