Tocantins: 66% dos homens afirmam participar das consultas de pré-natal das mulheres

sexta-feira, 9 de novembro de 2018 às 14:57
41 Visualizações
Foto: Divulgação

PALMAS – A terceira etapa da pesquisa Saúde do Homem, Paternidade e Cuidado, realizada pelo Ministério da Saúde, mostra que 66% dos pais ou cuidadores entrevistados participaram das consultas de pré-natal com suas parceiras no Tocantins. Desse total, 83% afirmaram que esse envolvimento os motivaram a cuidar melhor da sua saúde.

O objetivo da pesquisa é obter dados sobre o acesso, acolhimento e cuidados com a saúde masculina nos serviços públicos de saúde, além disso busca levantar informações sobre o envolvimento do pai no pré-natal e nascimento da criança. A coleta de dados foi feita entre março de 2017 e março de 2018. No Tocantins foram feitas 553 entrevistas. Em todo o Brasil, foram realizadas 37.322 entrevistas com pais ou cuidadores que assumiram a figura paterna e que acompanharam o pré-natal, parto e pós-parto de crianças nascidas no Sistema Único de Saúde (SUS).

Publicidade

Quando questionados sobre o costume de buscar os estabelecimentos públicos de saúde, 29% dos entrevistados do Tocantins afirmaram não ter o hábito de ir nesses locais. Desse total, 54% informaram que o desinteresse é motivado por nunca ter precisado; falta de interesse ou porque não gosta de hospital.

A pesquisa integra a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH), do Ministério da Saúde, que visa qualificar a saúde da população masculina, na perspectiva de linhas de cuidado, resguardando a integralidade da atenção (primária – promoção da saúde e prevenção do adoecimento; e especializada) no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). (Redação Voz do Bico, com informações da Agência Saúde)

-- Publicidade --