CBMTO conclui formação de guarda-vidas civis e dá dicas de segurança para frequentadores das praias tocantinenses

domingo, 2 de junho de 2024 às 20:25
769 Visualizações

TOCANTINS – O Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, por meio da Companhia Independente de Busca e Salvamento (CIBS), e Diretoria de Ensino e Pesquisa, concluiu na última sexta-feira, 31, o Curso de Formação de Guarda-vidas Civis. Centenas de pessoas participaram e receberam o certificado como aptas a atuar em áreas balneares controladas por Prefeituras e clubes particulares na temporada de praia. A corporação dá dicas e recomendações para aumentar a segurança dos frequentadores desses ambientes.

Ao todo, o CBMTO abriu 360 vagas para o Curso de Formação de Guarda-vidas Civis, com as instruções executadas nas Unidades Operacionais em todas as regiões do estado. “Esta atividade de prevenção aquática e salvamentos aquáticos por meio dos serviços de guarda-vidas é de alta complexidade. Por isso a corporação assumiu a responsabilidade, junto às Prefeituras, de estar formando os GVCs para estarem atuando nas praias e áreas baleares”, frisou o tenente-coronel Clóvis Eduardo Fernandes Carneiro, diretor de Ensino e Pesquisa do CBMTO.

Publicidade

As instruções foram abertas para homens e mulheres interessados na atividade e que se enquadrassem nas regras estabelecidas pelo edital publicado pelo Corpo de Bombeiros Militar, como dominar a natação, ter boa condição física e ter noções de primeiros socorros. As aulas práticas foram realizadas em piscinas, lagos e rios nas mais diversas regiões do Tocantins, locais característicos e tradicionais de lazer na alta temporada entre junho e julho.

“O curso focava em perfil específico de pessoas para, então, capacitá-las a atuar nas praias de forma segura, tendo atenção total com a questão da prevenção, da sinalização para cada ambiente de lazer, recomendação e orientação aos banhistas, bem como no possível resgate diante de uma necessidade em caso de afogamento”, pontuou o diretor de ensino e pesquisa.

A execução do Curso de Formação de GVCs atende à Norma Técnica 34, do próprio CBMTO, em que cobra das Prefeituras e Clubes, a contração desse tipo de profissional capacitado para ajudar na segurança aos frequentadores do local.

O CBMTO fez estudos das principais praias no estado e estabeleceu níveis de riscos para cada uma, de acordo com suas características, ou seja, a correnteza, a largura, profundidade, existência de pedras em seu leito, existência de local elevado para salto e até mesmo o espaço para o desembarque.

“Foram anos de estudos para catalogar os riscos de cada uma dessas praias a fim de identificar qual o nível e também a necessidade de empenho de equipe, de guarda-vidas civis, embarcações, sinalização, entre outras demandas ali, que sejam necessárias para a execução do planejamento do CBMTO, bem como das Prefeituras e Clubes”, argumentou Carneiro.

Outro ponto observado pela NT, é a característica das áreas de lazer do tocantinense, que tem à sua disposição dois grandes rios, o Tocantins e o Araguaia, além de outras dezenas de afluentes.

“O CBMTO não está delegando essa responsabilidade de atuação para outros, visto que nas principais praias espalhadas pelo estado, a corporação se faz presente com dezenas de guarda-vidas militares e ainda possui o apoio de guarda-vidas civis”, afirmou o tenente-coronel Carneiro.

Algumas dicas de Segurança

Para aqueles que já estão se programando para curtir a temporada, o CBMTO dá algumas dicas visando o aumento da segurança.

– usar colete salva-vidas

– redobrar a atenção com as crianças

– não ir para a água após ingestão de bebidas alcoólicas

– não fazer travessias para a outra margem

– não nadar em locais profundos

– não fazer salto de locais elevados

(SECOM-TO)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook