Hospital Regional de Araguaína passa por reformas

sábado, 24 de fevereiro de 2018 às 09:53
Divulgação / SES

ARAGUAÍNA – A Secretaria Estadual de Saúde (SES) e a Diretoria do Hospital Regional de Araguaína (HRA) aprovaram o projeto de adequação e reforma da unidade. As obras foram iniciadas na quinta-feira (22) e têm o prazo de 30 dias para serem concluídas. As adequações devem ser feitas nos setores do Pronto-Socorro, Serviço de Nutrição e Dietética (Refeitório e Cozinha) e a Entrada para Acompanhantes e Visitantes.

Em reunião com a direção do HRA, os integrantes do corpo técnico da SES definiram quais setores serão contemplados com a reforma. A superintendente de Administração da SES, Adriana Víctor, informou que os espaços da cozinha e do refeitório serão reformados para se adequarem às normas técnicas da Vigilância Sanitária e proporcionar um melhor atendimento a pacientes e colaboradores.

“Na cozinha, substituiremos o piso e o revestimento, ainda ajustaremos o fluxo de pessoal e serviço. O espaço do refeitório será ampliado para comportar um número maior de usuários ao mesmo tempo”, explicou.

A superintendente disse ainda que serão feitas intervenções nos espaços do Pronto-Socorro (PS) e no Centro de Traumas (CT), para reorganização do fluxo dos pacientes e aumento do número de leitos ofertados na unidade de saúde.

“Tanto aqueles que entrarem andando quanto aqueles que entrarem em macas. Com isso, aumentaremos o número de leitos ofertados à população dentro desses espaços. A entrega dessas melhorias à população está prevista para o final de março e o recurso para execução das obras é proveniente do Ministério da Saúde, do Recurso SUS”, disse Adriana.

Conforme a diretora-geral do HRA, Maria Antonice dos Santos, a reforma é importante para melhor atender a população do norte do Estado e das regiões circunvizinhas, visto que o hospital é tido como referência para os estados do Pará e do Maranhão.

“Com a estrutura que nós temos hoje, essa reforma vai beneficiar muitos usuários do SUS, no que diz respeito ao aumento de leitos e melhorias estruturais. Somos referência para municípios da região norte do Estado, Maranhão e Pará. Aumentaremos a oferta de leitos em 15%. Temos, hoje, 258 leitos, onde 20 são utilizados para pacientes de UTI”, declarou.

O Hospital Regional de Araguaína é o segundo maior hospital do Estado e recebe pacientes de 65 municípios.  (Redação Voz do Bico, com informações da Assessoria)

-- Publicidade --
-- Publicidade --

Comentários no Facebook