Palmas completa 31 anos e é considerada a nona capital menos violenta do Brasil

quarta-feira, 20 de maio de 2020 às 08:00
Palmas-TO. Foto: Reprodução/Internet.
Fotos: Divulgação/Ciopaer Tocantins e PCTO.

PALMAS- Palmas, a mais nova capital do Brasil, completa 31 anos de existência nesta quarta-feira, 20. Criada em 20 de maio de 1989 e instalada em 1º de janeiro de 1990, a capital é considerada uma das melhores cidades do Brasil para se morar. Com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) próximo de 0.800, classificado como muito alto, a capital encontra-se também no ranking das mais seguras do país.

Dados do Atlas da Violência – Retrato dos Municípios Brasileiros de 2019 (estudo feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea) mostram que Palmas é a nona capital brasileira com menor taxa de homicídios (33.5).

Publicidade

Mas, ainda que Palmas esteja entre as 10 capitais brasileiras menos violentas pra se viver, a Segurança Pública destaca os trabalhos realizados para prevenção e combate à criminalidade. Tudo começou com o primeiro ato de criação da Secretaria da Segurança Pública em 1º de janeiro de 1989, por meio do decreto nº 9.

O decreto estabeleceu as competências do Departamento da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Departamento Penitenciário, entre outros. Em relação aos símbolos da Polícia Civil – a Bandeira, o Brasão e o selo da Superintendência – estes só foram criados 15 anos depois, em julho de 2004 por meio do Decreto 2.140.

Em 2019, as forças de segurança no Tocantins implementaram o seu Plano Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (PESSE), que considera ações de segurança para os próximos 10 anos para todos os 139 municípios tocantinenses.

(SSP)

-- Publicidade --