Paralisação de caminhoneiros deixa mais de 30 postos sem gasolina em Palmas

quinta-feira, 24 de maio de 2018 às 10:49
Foto – Marco Aurélio Jacob

PALMAS – Um levantamento feito pelo G1 e TV Anhanguera na manhã desta quinta-feira (24) apontou que de 50 postos de combustível, pelo menos 34 estão sem gasolina em Palmas. A falta do produto é motivada pelo protesto dos caminhoneiros. No Tocantins, eles bloquearam oito trechos de rodovias federais. Este é o quatro dia do protesto.

A falta de combustível foi registrada em Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, Guaraí, Gurupi e outras cidades do interior. Por enquanto, no Bico do Papagaio ainda não há registros de falta de combustível.

Publicidade

Em Lajeado, cidade localizada na região central do Tocantins, moradores fizeram fotos e vídeos e publicaram nas redes sociais para reclamar do preço da gasolina cobrado por um posto. O valor chegou a R$ 7,99. O dono do estabelecimento negou.

Nos supermercados, alguns espaços usados para colocar as verduras estão vazios. Faltam batatas, tomates, beterrabas e outros produtos. Caminhões que deveriam descarregar frutas nesta manhã, estão parados nas rodovias.

No transporte público de Palmas, segundo as empresas há combustível para os ônibus circularem até o fim de semana. O governo do Estado, não há risco de desabastecimento na frota oficial, mas foram tomadas medida para reduzir o consumo. Para isso, estão sendo priorizados os serviços essenciais.

Conforme balanço da Polícia Rodoviária Federal, há oito trechos com bloqueios no Tocantins e, em todos os casos, o trânsito está bloqueado para veículos de carga. Os outros automóveis conseguem transitar normalmente.

Veja os trechos com bloqueio:

Araguaína – BR-153, km 152

Nova Olinda – BR-153, km 208,7

Colinas do Tocantins – BR-153, km 245

Fortaleza do Tabocão – BR-153, Km 360

Paraíso do Tocantins – BR-153, km 492

Gurupi – BR-153, km 674

Alvorada – BR-153, km 761

Pedro Afonso – entre a Ponte sobre o Rio Tocantins e o trevo da cidade – BR-235, km 164. (Com informações do G1 Tocantins e PRF-TO)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook