Rematrículas e inscrições para o Balé Popular do Tocantins começam nesta sexta-feira (15)

quinta-feira, 14 de março de 2019 às 08:57
Foto: Márcio Vieira

PALMAS – O Balé Popular do Tocantins é uma importante parceria entre a coordenação geral da companhia e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc). Desde sua implantação, o Balé Popular oferece aulas gratuitas de dança em cinco centros de ensaio localizados em unidades escolares jurisdicionadas à rede estadual de ensino.

Para 2019, o período de rematrículas começa a partir de sexta-feira, 15. Os alunos veteranos que desejam continuar no Balé devem procurar a unidade de ensino a qual está inscrito e efetuar sua rematrícula, que poderá ser feita, também, na segunda-feira, 18.

Já para os alunos novatos, as inscrições para as audições da companhia de dança serão feitas entre os dias 20 e 22 de março. Podem se inscrever crianças e adolescentes entre sete e 16 anos. No ato da inscrição, os alunos serão informados a respeito dos horários das audições, que serão realizadas a partir de sábado, 23.

Ao todo, estão sendo ofertadas 400 vagas no Balé Popular, sendo 320 para as rematrículas e 80 para os novos alunos. Essas últimas podem aumentar de acordo com o número de alunos veteranos que retornarem às atividades.

O Balé Popular oferece aulas no Colégio da Polícia Militar, Colégio Estadual de Tempo Integral Raquel de Queiroz, Colégio Estadual de Tempo Integral Vila União, Colégio Estadual de Tempo Integral Professora Elizângela Glória Cardoso, Escola Estadual Frederico José Pedreira.

Reformulação

Com o objetivo de otimizar o serviço prestado e melhorar o atendimento aos jovens dançarinos tocantinenses, o Balé Popular passará por uma estruturação para garantir aos professores e cursistas a compatibilidade com a rede e as formas de financiamento público. Tais mudanças ocorrerão, principalmente, na forma de contratação e lotação dos professores, que passarão a ser inseridos no Sistema de Gerenciamento Escolar (SGE) e passarão pela modulação da rede estadual de ensino. Desta forma, a parceria para o fomento ao Balé Popular será fortalecida, garantindo que a companhia siga com as aulas aos jovens do Tocantins, independentemente se estudam na rede estadual, ou não.

Uma vez concluídos os estudos acerca deste novo formato de contratação, as matrículas dos alunos deverão ser abertas ainda no mês de março.  O número de vagas ofertadas permanecerá o mesmo de 2018, assim como as cinco escolas que recebem os ensaios da companhia também continuarão a oferecer o serviço.

“O Balé popular é muito importante para as crianças e jovens do Tocantins, que têm na companhia a possibilidade de ingressar no universo da dança e, desta forma, buscar novos horizontes dentro e fora do Tocantins. Por isso estamos pensando em uma forma de melhorar o atendimento aos alunos e aos professores do Balé, como forma de valorizar ainda mais essa companhia de dança, além de buscar estratégias para dar mais visibilidade ao projeto junto às crianças carentes”, destacou a secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar.

Balé Popular

O Balé Popular do Tocantins foi criado em 2013 como forma de oferecer aulas de dança gratuitas a crianças e jovens do Estado. As vagas no Balé são abertas a toda a população, independente da rede de ensino. Em 2018, foram atendidos cerca de 400 bailarinos nos cinco polos.

Entre as conquistas do Balé, estão as cinco premiações no Festival Internacional de Dança de Goiás, a participação no Festival de Dança de Joinville, além do segundo lugar do bailarino Maicon Cardoso em competição da Academia Americana de Dança, em Nova York – EUA. (Ascom Seduc)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook