“Sem PCdoB e PTB não tem chance de ser candidato”, diz Amastha ao desistir de concorrer ao governo

segunda-feira, 6 de agosto de 2018 às 15:58
25 Visualizações
Foto: Divulgação

Redação Voz do Bico

PALMAS – O ex-prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB) não é mais candidato ao governo do Tocantins. Ele divulgou um vídeo nas redes sociais informando a desistência da eleição. O fato se deu após as saídas do PCdoB e do PTB do grupo do socialista. Segundo o ex-prefeito, sem os dois partidos o projeto político dele perde a essência.

Publicidade

“Infelizmente as coligações proporcionais não foram bem sucedidas. E com as saídas do PCdoB e do PTB, do meu sempre respeitado seu Geraldo, pessoa que eu fiz questão de chamar de volta para a política, sem isso perde a essência o projeto. Mesmo com total e absoluta chance de vitória, não participaria sem eles”, garantiu.

Amastha também agradeceu aos senadores Ataídes e Vicentinho, inclusive, disse que foi bem acolhido por Vicentinho e mudou de opinião sobre o senador. O socialista afirmou, ainda, que tem o sonho de transformar o Tocantins, e isso não seria possível sem os dois partidos esquerdistas.

“Eu peço desculpas se machuquei alguém, mas coloco à disposição para ser substituído meu nome como candidato a governador. Insisto, sem a volta deles não há mínima chance de ser candidato. Me perdoem se frustrei alguém”, finalizou Amastha.

O PCdoB e o PTB deixaram a coligação de Amastha após o grupo decidir formar uma chapa única, o chamado “Chapão”, para as eleições de outubro. PCdoB e PTB já declaram apoio ao candidato Márlon Reis, inclusive José Geraldo (PTB) aceitou ser vice de Márlon Reis.

Veja o vídeo divulgado por Amastha:

-- Publicidade --