SES-TO promove o Junho Vermelho e convoca a população para a doação de sangue

sábado, 1 de junho de 2024 às 14:55
434 Visualizações
Uma única doação pode salvar até quatro vidas – André Araújo/Governo do Tocantins

TOCANTINS – Em todo 14 de junho é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue e, durante todo mês, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) chama atenção para a campanha Junho Vermelho, mês destacado para conscientizar e incentivar a população sobre a importância de ser um doador de sangue. A ação solidária é realizada de forma rápida e segura em uma única doação é capaz de salvar até quatro vidas.

No Brasil, de acordo com a Sociedade Brasileira de Talassemia, o número de doadores está abaixo dos ideais definidos pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), 2% e dos 5% definidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O reflexo disso é a falta de estoques de bolsas sanguíneas nos hemocentros.

Publicidade

No Tocantins, a Hemorrede Tocantins trabalha cronograma mensal com diversas ações como coleta externa com a unidade móvel; coletas programas nas unidades Hemocentro; cadastro de Medula Óssea e palestras em parceria com instituições públicas e privadas. O planejamento visa evidenciar que o ato de solidariedade da doação de sangue é muito importante e possível a partir da ação altruísta de homens e mulheres que se disponibilizam a ajudar quem precisa.

“A doação de sangue é um ato de amor que salva vidas e transforma realidades. O Junho Vermelho nos lembra da importância de nos voluntariarmos para essa causa tão nobre. Cada doação pode fazer a diferença para quem mais precisa, seja em situações de emergência ou tratamentos contínuos. Incentivar a doação de sangue é promover a solidariedade e a esperança em nossa comunidade. Venha fazer parte dessa corrente do bem. Doe sangue e ajude a salvar”, pontuou a superintendente da Hemorrede Tocantins, Poliana Gomes.

Segundo a responsável pela captação de doadores do Hemocentro Coordenador de Palmas (HCP), Robéria Fernandes, “precisamos conscientizar a todos sobre o ato de doar, pois não existe nenhum substituto para o sangue. Portanto, junho é um mês especial para nós captadores, é o mês que comemoramos o dia do doador de sangue. Nós realizamos muitas ações e acreditamos no impacto que elas podem causar, incentivando as pessoas a doarem sangue e com isso a gente espera melhorar um pouco nossos estoques e poder atender a demanda”.

Dados

No Tocantins, de janeiro a abril de 2024, a Hemorrede Tocantins recebeu 11.435 candidatos à doação de sangue, totalizando 8.518 aptos a doação, fechando numa estimativa de 2.129 doadores por mês e 71 doadores por dia. Para que haja um estoque satisfatório para distribuição em toda rede com unidades públicas, privadas e filantrópicas, faz-se necessário a doação de aproximadamente 100 pessoas.

No Hemocentro coordenador de Palmas, diariamente recebe cerca de 43 candidatos a doação de sangue, contudo, deste total apenas 31 estão aptos a doar.

Quem pode doar

Para ser doador é preciso ter entre 16 e 69 anos de idade. Os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável. As pessoas com mais de 60 anos só poderão doar caso já tenham realizado alguma doação antes dos 60 anos. Também é obrigatório estar em boas condições de saúde, ter mais de 50 quilos e apresentar documento oficial com foto.

Antes da doação o candidato deve estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas), evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação, não pode ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas anteriores ou fumado nas últimas duas horas.

Ponto de coletas

A Hemorrede Tocantins possui unidades de coletas em Palmas, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional e Augustinópolis, as quais funcionam de segunda à sexta-feira, das 7h às 18h e nos sábados, das 7h às 13h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 642 8822.

(SECOM-TO)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook