TRE-TO barra candidatura de Carlos Amastha e aprova a de Vicentinho Alves

quarta-feira, 16 de maio de 2018 às 08:46

PALMAS – O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) decidiu, por maioria, indeferir o pedido de candidatura de Carlos Amastha, candidato a governador pela coligação A Verdadeira Mudança, nas Eleições Suplementares do dia 3 junho. Na mesma sessão, a Corte eleitoral decidiu aprovar a candidatura de Vicente Alves para o cargo de governador pela coligação “A Vez dos Tocantinenses” e do vice, Divino Bethânia Júnior.

De acordo com o TRE, Carlos Amastha não cumpriu o prazo de desincompatibilização prevista na Constituição Federal. Na decisão, o Pleno também decidiu, por maioria, julgar improcedentes as impugnações e deferir o pedido de registro do candidato Célio Moura ao cargo de vice-governador pela coligação encabeçada pele ex-prefeito de Palmas.

Em nota enviada à imprensa, Amastha disse que vai recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e continuará com a campanha pelo Tocantins. “Vamos correr para ter a manifestação do TSE. Não existe jurisprudência que impeça nossa candidatura. Eleição suplementar, regras sem definir. Sabíamos que iria para Brasília de qualquer forma”, afirma a nota.

-- Publicidade --
-- Publicidade --

Comentários no Facebook