Unitins regulariza situação com o Ministério da Fazenda e viabiliza convênios

quinta-feira, 11 de outubro de 2018 às 10:56
Foto: Cristian Reurison/Ascom Unitins

PALMAS – A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) regularizou todas as pendências de certidões junto ao Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias do Tesouro Nacional (CAUC), do Ministério da Fazenda. São certidões indispensáveis para assinatura de contratos de novos convênios e parcerias. Algumas estavam pendentes desde 2016, como a do FGTS.

O reitor da Unitins, Augusto Rezende, explica que a universidade, professores e pesquisadores sofreram prejuízos nesse período, pois estavam impedidos de assinar contratos referentes a convênios com vinculação de recurso público federal, estadual ou municipal, comprometendo ainda a participação em editais de pesquisa e outros. Com as certidões regularizadas a Unitins viabiliza outras fontes de recursos para suas ações, não ficando totalmente na dependência do Tesouro Estadual.

“Foram tantos editais nesse período e a Unitins não pôde participar. Além daqueles editais em que nossos pesquisadores se inscreveram e foram contemplados, mas houve a grande frustração na hora de assinar o contrato e executar o projeto, vendo todo aquele trabalho desenvolvido ser perdido”, comenta o reitor.

Agora, com as certidões regularizadas, a Unitins se prepara para a assinatura do contrato junto ao Banco da Amazônia (BASA) com aporte de aproximadamente R$ 100 mil, referente ao projeto “Aspectos ecológicos e manejo de Podocnemis unifilis Troschel, 1848 e Podocnemis expansa Schweigger, 1812 (Reptilia, Testudines, Podocnemidade) na Bacia do Araguaia”, apresentado por professores e pesquisadores da universidade.

Esse projeto foi vencedor no edital do BASA de Seleção Pública de Pesquisa Científica e Tecnológica, edição 2018, sendo o único selecionado no Tocantins e estando entre os 15 vencedores entre mais de 600 projetos concorrentes. O coordenador é Marcus Vinícius Moreira Barbosa, professor e pesquisador da Unitins. (Divulgação / Assessoria)

 

-- Publicidade --
-- Publicidade --

Comentários no Facebook