Presidente da Câmara de Augustinópolis diz em nota que não deu posse ao suplente Zé Valdir devido à suspensão das sessões

quarta-feira, 25 de março de 2020 às 09:37
Vereador Elias Madeira. Foto: Paulo Palmares/VB.

‘É importante esclarecer que para dar posse ao suplente é necessária uma sessão, o que no momento está suspensa, conforme prevê o decreto já citado’, destaca o presidente da Câmara Municipal, Elias Madeira.

 

AUGUSTINÓPOLIS – No último dia 10, o vereador Cícero Moutinho foi afastado das funções legislativas por decisão judicial proferida pelo juiz da 1ª Escrivania Cível de Augustinópolis, Dr. Jefferson David Asevedo Ramos. A vaga deixada momentaneamente pelo vereador na Câmara Municipal de Augustinópolis deve ser ocupada pelo suplente Zé Valdir, que ainda não foi empossado, conforme Nota de esclarecimento divulgada pelo presidente da Casa Legislativa, vereador Elias Medeira, devido às sessões ordinárias e extraordinárias estarem suspensas entre o período de 18 a 30 de março.

Publicidade

“Informo à população augustinopolina que a Presidência da Câmara Municipal em momento algum recusou dar posse ao suplente”, diz a nota, explicando mais adiante que  as sessões foram suspensas obedecendo à situação vivenciada por todo o país e acatando os decretos estaduais e municipais, divulgados no dia 16 de março (segunda-feira). Considerando a preocupação da Casa Legislativa quanto à garantia de ordem pública e do bem-estar social, foi publicado o Decreto Legislativo 003/2020,  que dispõe sobre a ação preventiva para o enfrentamento da COVID-19.

Porém, o presidente garante que assim que as sessões voltarem ao normal, o suplente será empossado.

OUTRO LADO

O portal Voz do Bico tentou fazer contato com o suplente pelo celular com final 5668, porém não conseguiu após várias tentativas. O portal fica aberto para o posicionamento do suplente Zé Valdir

(Voz do Bico)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook