Acadêmicos de Direito levam discussão sobre ética e cidadania para alunos do Colégio Estadual Manoel Vicente de Souza

terça-feira, 28 de maio de 2024 às 07:35
1.191 Visualizações

AUGUSTINÓPOLIS – A convivência ética e democrática e o respeito aos direitos humanos foram temas centrais durante uma ação do 5º período de Direito da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) Câmpus Augustinópolis no Colégio Estadual Manoel Vicente de Souza, em Augustinópolis. A programação foi o primeiro encontro do Projeto de Extensão “Cidadão Nota 10”.

A iniciativa faz parte da disciplina Direito Processual Civil III ministrada pelo professor João Emanuel Roque Borges da Silva. O encontro reuniu alunos do 1º ao 3º ano do ensino médio, no dia 17 de maio, com orientações práticas acerca dos princípios éticos e dos direitos e deveres que compõem a cidadania. “Nesse sentido, este projeto busca explorar a ética e a cidadania não apenas como conceitos teóricos, mas como práticas vivas que moldam a sociedade”, explicou o professor responsável.

Publicidade

O projeto Cidadão Nota 10 tem como público-alvo os estudantes de ensino médio, uma vez que pretende alcançar adolescentes e jovens que estão em um momento decisivo de suas vidas para oportuniza-los a aprender e discutir conceitos de ética e cidadania, e como esses conceitos se aplicam à nossa realidade social e escolar.

“Ações extensionistas como esta promovem um contato real com nossa comunidade. Levamos a temática da educação política como meio de exercício da cidadania para os alunos secundaristas. É muito satisfatório construir conhecimento acerca de Política e Direitos Humanos, consequentemente contribuindo coma formação cidadã desses alunos”, opinou o acadêmico Lucas Sobrinho, do 5º período.

A acadêmica Ana Clara Barros também compartilhou a experiência vivenciada. “Tive a oportunidade de ministrar uma palestra para alunos do 1º ao 3º ano do ensino médio, junto com meus colegas de sala, mostrando de forma prática como exercer sua cidadania. A interação foi incrível e a transmissão de conhecimento foi algo maravilhoso”, declarou.

O professor João Emanuel também explica que “busca-se desenvolver ações de reflexão e práticas com a comunidade escolar e a sociedade local que reforcem comportamentos éticos e cidadãos e despertem nos alunos a empatia, a convivência democrática e o respeito aos direitos humanos”.

(DICOM UNITINS)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook