PF realiza segunda fase de operação no combate a fraudes de licitações em prefeituras no sudeste do PA

quarta-feira, 14 de outubro de 2020 às 11:02
Foram apreendidas quantias em dinheiro além do bloqueio de contas de pessoas físicas e jurídicas investigadas. — Foto: Reprodução/TV Liberal

A Polícia Federal realiza nesta quarta-feira (14) a segunda fase da operação “Tudo Nosso e nada deles”, com objetivo de investigar associação criminosa especializada em fraudes a procedimentos licitatórios cometidos em municípios do sudeste do Pará. Foram cumpridos um mandado de prisão preventiva e dois de busca e apreensão nas cidades de Marabá e Tucuruí, além do afastamento de um servidor público municipal. A primeira fase da operação aconteceu em setembro.

Ainda durante a operação, foram apreendidos R$ 52. 000,00 em espécie, além do bloqueio de R$ 8.000.000,00 de pessoas físicas e jurídicas investigadas. Também foi apreendido uma arma de fogo irregular.

Publicidade

Os investigados irão responder pelos crimes de peculato, com pena de até 12 anos de reclusão,com pena de até 04 anos de detenção, associação criminosa com pena de até três anos de reclusão e posse irregular de arma de fogo, com detenção de até três anos.

O grupo criminoso agia por meio de empresas fantasmas que concorriam entre si, fraudando o caráter competitivo dos procedimentos licitatórios. O nome da operação diz respeito a forma como os integrantes da associação conversavam entre si sobre os demais participantes do certame, que concorriam sem saber do esquema fraudulento.

(G1/PARÁ)

-- Publicidade --